25 de novembro de 2016

25N: Dia Nacional de Lutas em São José dos Campos começa com mobilização em fábricas

25/11/2016 - O Dia Nacional de Lutas convocado pelas centrais sindicais para esta sexta-feira, dia 25, começou cedo em São José dos Campos e Jacareí. Em várias fábricas da região ocorreram mobilizações, como passeata, assembleias, atrasos de turno e paralisações, envolvendo trabalhadores de categorias como metalúrgicos, químicos, vidreiros, condutores e servidores municipais.

Logo mais às 10 horas, as categorias se concentrarão na Praça Afonso Pena, em São José, para um ato unificado.

Já nas primeiras horas da manhã, os metalúrgicos realizaram mobilizações em oito fábricas da categoria: GM, TI Automotive, Ericsson, Avibras, Gerdau, Parker Filtros, Hitachi e Latecoere (Jacareí).


Na GM, os trabalhadores realizaram uma passeata que durou cerca de uma hora, atrasando a entrada do turno. “É hora da Greve Geral. Não às reformas trabalhista e da Previdência e ao congelamento dos serviços públicos” dizia a faixa foi à frente da manifestação. Antes de entrarem para a fábrica, os metalúrgicos fizeram uma votação, repudiando as reformas do governo Temer.




Na Latecoere, em Jacareí, os metalúrgicos entraram no quarto dia de greve e apesar da intimidação e repressão da PM, os trabalhadores mantiveram-se firmes em sua mobilização e após assembleia voltaram para suas casas.



Na Gerdau, TI Automotive, Hitachi , Ericsson, Parker Filtros e Avibras houve atrasos na entrada dos turnos e em assembleias os trabalhadores votaram repúdio aos ataques do governo.

Gerdau

TI Automotive
Johnson Controls Hitachi

Avibras


Em outras categorias da região, também houve mobilização, como na fábrica química Campo Limpo, em Taubaté; dos trabalhadores vidreiros na Cebrace, e servidores municipais de Jacareí.

Campo Limpo, químicos
Cebrace, vidreiros

Servidores Municipais de Jacareí