27 de março de 2014

Oposição Alternativa faz chamado à unidade das oposições para por fim ao governismo na Apeoesp

27/3/2014 - No sábado, dia 22 de março, se reuniram 688 professores e professoras de todo estado de São Paulo para definir a política da Oposição Alternativa para a eleição da Apeoesp ( Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo).

A convenção debateu a nova situação política aberta no país a partir de junho e logo no início foi dado informe do Encontro Nacional do Espaço Unidade de Ação, realizado simultaneamente à convenção, com o lema “Na Copa Vai Ter Luta”, e foi aprovada por unanimidade a adesão da Oposição Alternativa ao calendário de lutas aprovado no encontro.

Também foi debatida a situação do país e em especial a situação da educação no estado e as sucessivas políticas antieducacionais de Alckmin/Hermann, como a defasagem salarial, a precarização do contrato de trabalho dos professores/as categoria "O", a necessária defesa do IAMSPE, contra a política privatista do governo e toda a política meritocrática do governo, além da não aplicação da jornada do Piso.

Foi debatida ainda a necessidade de mudar a direção da Apeoesp, que há mais de 30 anos é comandada pela Articulação Sindical/CUT e que tem um histórico de traições as nossa lutas, sempre para defender os interesses do governo federal.

Na greve de 2013 essa postura governista ficou evidente, quando 70% dos professores/as decidiram por manter a greve e se unir com os trabalhadores em educação do município de São Paulo, que também estavam em greve, mas a presidenta da Apeoesp (Bebel) encerrou a greve de forma arbitrária. Colocou, inclusive, a PM contra os professores, para que não houvesse essa unificação, pois sua intenção era proteger o prefeito Haddad. Ou seja, ajudou Alckmin a derrotar os professores estaduais para proteger o prefeito petista.

Diante dessa situação, a Oposição Alternativa reafirmou a necessidade de um sindicato independente dos governos e autônomo em relação aos partidos.

A convenção aprovou por unanimidade um chamado a todos os setores de oposição, para que unifiquemos em uma chapa única, para derrotar os governistas na Apeoesp.

Ao final ocorreu a votação entre os candidatos que se apresentaram para encabeçar a chapa e a Oposição Alternativa  aprovou a indicação de João Zafalão.

Em coro  de “Oposição Unificada para derrotar a pelegada” se encerrou essa vitoriosa convenção da Oposição Alternativa.

Por João Zafalão, professor de história da EE Paulo Kobayashi na região leste de São Paulo e diretor da Apeoesp eleito pela Oposição Alternativa

Resultado da Votação
João Zafalão – 309 votos
Silvio de Souza – 269 votos
João de Regina – 56 votos
Claudio Jurhs – 19