28 de outubro de 2016

PSTU de São José dos Campos dá início à Jornada de Formação Marxista

27/10/2016 - A regional do PSTU de São José dos Campos deu início no último final de semana às Jornadas de Outubro, o programa de formação marxista do PSTU para militantes. Foram dois dias de curso, em que os participantes estudaram e debateram conceitos básicos do marxismo e um pouco da história das revoluções e da luta de classes.

Neste primeiro módulo, o Manifesto Comunista e a Comuna de Paris foram os temas discutidos, o que deixou todos muitos interessados e empolgados. Muitos destacaram que o curso dá condições, de forma muito didática e de fácil compreensão, para entender conceitos e fatos históricos e relacioná-los com os dias atuais.

“Já tinha feito outros cursos, mas esse foi um dos melhores, não só pelo conteúdo, mas a forma. Fácil de compreender, principalmente para os operários. Entendi por completo a necessidade de estudar o passado para não cometermos os mesmos erros e melhorar os acertos na luta pela revolução socialista”, avaliou um operário da GM.

Com dois anos no partido, outro trabalhador também aprovou o formato do curso. “Ao darem o curso, dividindo em partes, ajuda muito a participação, pois se fossem vários dias seguidos ficaria difícil participar. Gostei muito e a expectativa é grande. A gente fica com vontade de pesquisar e estudar mais, para entender não só o que já aconteceu, mas porque muita coisa se encaixa hoje em dia”, disse.

Assim como vários participantes destacaram ao final do curso, a jovem B. afirmou que o estudo sobre a Comuna de Paris foi um dos mais interessantes. “Não sabia nada sobre como seu deu essa importante luta da nossa classe e fiquei impressionada sobre o protagonismo das mulheres na revolução”, contou. “Também gostei muito do jeito como foi falado sobre o Manifesto e a relação que fizeram com a questão das opressões, do racismo”, disse.

R., que milita junto ao movimento popular e ao movimento negro disse que gostou muito de o curso tratar a questão racial nas discussões conforme eram apresentados os pontos. “Tirando um texto do Marx que todos acharam mais difícil, achei que o curso se esforça em ser fácil de entender. Já tinha estudado esses temas, mas agora o formato mudou e aprofundou, o que atualiza mais. Estou curiosa com o que vem por ai ainda”, disse.

Um militante que já está no partido há 10 anos também disse que gostou muito do curso. “Mesmo quem já fez o curso sobre o Manifesto não está igual. essa jornada vai servir tanto para os novos, quanto para quem tem mais tempo de militância, pois estudo nunca é demais”, disse.

Quem sabe mais, luta melhor
Nesta quarta-feira, alguns militantes que já fizeram o curso intensivo no início do ano participaram de um curso piloto de formadores. O objetivo é prepará-los para ministrar e ajudar a realizar os demais módulos do curso, que acontecerão em mais dois finais de semana, em novembro e dezembro, quando serão abordados temas como Estado, Revolução Russa e o Partido Revolucionário.

“Jornadas de Outubro” é uma iniciativa nacional do PSTU e consiste num ciclo de cursos, com o objetivo de promover o estudo de conceitos básicos do marxismo e apresentar o programa e as ideias do partido.

“Queremos fixar conceitos e categorias marxistas, mas também enriquecer o conjunto da militância com o estudo e conhecimento da historia das revoluções, para que possamos apreender as principais lições e aprendizados que o marxismo permite”, explica Helena, da Secretaria de Formação.

“O curso é dirigido não só a novos militantes, mas aos antigos também, pois, como disse Lenin, não há prática revolucionária, sem teoria revolucionária, e o estudo é um processo permanente. Só o estudo pode garantir que seja uma prática em nosso dia a dia sempre analisar a realidade para intervirmos nela”, afirmou.