10 de agosto de 2016

Jacareí tem protesto contra reformas da Previdência e Trabalhista

10/8/2016 - Na manhã desta quarta-feira, dia 10, trabalhadores, aposentados e ativistas realizaram em Jacareí uma manifestação contra os ataques planejados pelo governo Temer (PMDB).

Na tradicional Praça Conde de Frontin, o ato, organizado pelo Fórum de Lutas do Vale do Paraíba, chamou a atenção da população, principalmente para as reformas da Previdência e Trabalhista, prestes a serem encaminhadas pelo governo.

Temer pretende, entre outros pontos, criar uma nova idade mínima para a aposentadoria, que pode chegar a 70 anos. Também está entre as propostas do governo, o corte de benefícios, como o auxílio-doença e a aposentadoria por invalidez.

A manifestação reuniu ativistas de vários sindicatos como o dos Metalúrgicos, da Alimentação de São José dos Campos e Região, dos Servidores Públicos de Jacareí, além da Admap (Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas) e CSP-Conlutas. A militância do PSTU participou da atividade.

"Já ocorreram atos unificados dos aposentados em São Paulo e também em São José, onde inclusive ocupamos o INSS. Nossa proposta é denunciar para a população a gravidade dos ataques que estão sendo preparados. Só a mobilização de todos os trabalhadores, da ativa e aposentados, poderá evitar estes ataques", afirmou Ernesto Gradella, ex-deputado federal e candidato do PSTU a vereador de São José dos Campos.

Dia Nacional de Mobilizações
A manifestação em Jacareí foi um de aquecimento para o Dia Nacional de Mobilizações, que acontecerá no próximo dia 16. Chamado por oito centrais sindicais, entre elas a CSP-Conlutas, o ato vai unir trabalhadores de diversas categorias, em todo o país, contra as reformas Trabalhista e da Previdência.