26 de novembro de 2015

Trabalhadores da Santa Casa de Jacareí fazem passeata e exigem pagamento de salários atrasados

26/11/2015 - Trabalhadores terceirizados da Santa Casa de Jacareí realizaram uma passeata pelo centro da cidade, nesta quinta-feira, dia 26, em protesto contra o atraso de três meses de salário. Eles estão em greve desde a última quarta-feira.

Os trabalhadores são contratados da empresa de limpeza e vigilância patrimonial ServBrasil, que culpa a Prefeitura de Jacareí (PT) pelos atrasos. Em reunião com os secretários de Administração, André Donizete da Silva, e Saúde, Antonio de Paula Soares, uma comissão de trabalhadores reivindicou que a Prefeitura assuma sua responsabilidade e garanta o pagamento dos salários.

Os secretários afirmaram que o repasse de verbas está sendo feito normalmente para a Santa Casa. Os trabalhadores querem que a Prefeitura comprove a informação.

A passeata começou em frente à Santa Casa, às 9h, e seguiu pelas ruas centrais da cidade, passando pela Avenida Alfredo Schurig, Praça Conde Frontin, Pátio dos Trilhos, terminando na Prefeitura.

Cerca de 40 trabalhadores terceirizados da ServBrasil prestam serviços à Santa Casa de Jacareí.

A greve tem o apoio do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e CSP-Conlutas.


O PSTU de Jacareí também apoia a mobilização e participou do ato nesta quinta.

"No momento que vive o país, com aumento significativo da inflação e do custo de vida penalizando brutalmente os trabalhadores, não é possível aceitar que a Prefeitura do PT e a Câmara façam ataques como esse atraso nos salários ou a criação da taxa abusiva de iluminação", opina o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos Guirá Borba.