30 de novembro de 2015

Carnaval dos trabalhadores: samba-enredo 2016 do bloco Acorda Peão será definido em concurso

30/11/2015 - O tradicional bloco dos trabalhadores de São José dos Campos, o Acorda Peão, decidiu promover um concurso para definir o samba-enredo para o Carnaval 2016.

O concurso é aberto à participação do público em geral, mas os interessados precisarão seguir algumas exigências contidas no regulamento. Afinal, o tom crítico e irreverente que já se tornaram marcas do bloco deverão ser mantidos.

Os participantes precisam entregar a letra do samba-enredo e um CD com a gravação na sede do Sindicato, em São José dos Campos, até 18 horas, do dia 14 de dezembro.

Serão analisados os quesitos letra e melodia, com base nos temas definidos pelo regulamento, como os 60 anos de existência e lutas do Sindicato dos Metalúrgicos, a crise e os ataques aos trabalhadores, corrupção, fechamento das escolas pelo governo Alckmin, falta d´água, tragédia ambiental em Mariana/MG, entre outros.

Quem quiser concorrer deve retirar a ficha de inscrição e o regulamento na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São José e região, que organiza o bloco. Os documentos também podem ser baixados no site do Sindicato.

Escolha
No dia 18, às 19 horas, um grupo de jurados vai ouvir as apresentações das canções pré-selecionadas e definir o samba-enredo que embalará a folia do Acorda Peão em 2016.
Essa atividade será realizada no local de concentração do bloco: Rua Francisco Paes, 316, Centro, São José dos Campos.

Haverá prêmio de R$ 1 mil para o samba escolhido. O segundo e terceiro colocados também serão premiados: receberão R$ 600 e R$ 400, respectivamente.

Histórico
Em 2016, o bloco Acorda Peão vai completar 18 anos de vida.

O bloco desfilou pela primeira vez em 1998, em São José, mas naquela época se chamava "Se liga Brasil". No ano seguinte, o bloco foi rebatizado com o nome que hoje é conhecido.

Ao longo de sua existência, os principais acontecimentos que marcaram o país e o mundo foram levados para a avenida com humor crítico e muita folia pelo Acorda Peão, que é símbolo de um Carnaval que resiste, sem fantasias caras, mas irreverente e espontâneo.