12 de fevereiro de 2015

Unindo folia e protesto, sábado de Carnaval tem bloco Acorda Peão em São José

12/2/2015 - No Carnaval, o povo vai às ruas para curtir muita folia e alegria, na maioria das vezes esquecendo (ou ignorando) a dura realidade do dia a dia. Mas, nem sempre é assim.

Na maior festa popular do país, também dá para protestar e tentar despertar a consciência dos trabalhadores e do povo contra os ataques dos governos e patrões.

É com esse clima que o Bloco Acorda Peão, tradicional bloco de trabalhadores de São José dos Campos, irá às ruas neste sábado, dia 14. O bloco abre, a partir das 10 horas, os desfiles do Carnaval na cidade.

Conhecido por seu perfil crítico e irreverente, pelo 17° ano consecutivo, o Acorda Peão deve levar centenas de foliões às ruas ao som do samba-enredo “Duas é Dilmais”.

Na mira das críticas ácidas e bem humoradas do bloco estão os governos Dilma (PT) e Alckmin (PSDB). Crise no abastecimento de água em São Paulo, corrupção no metrô de SP e na Petrobras e os ataques do governo Dilma aos direitos trabalhistas são assuntos tratados na letra. O escândalo do superfaturamento de kits escolares na Prefeitura de São José (PT) também foi lembrado.

O carro abre-alas vai trazer uma banheira em que a presidente Dilma e o governador Geraldo Alckmin tomarão banho de dinheiro. No mesmo carro, o bloco fará referência à falta d´água e ao escândalo da Petrobras.

Em outro carro, a presidente Dilma vai exibir seu “pacote de maldades”, com as medidas provisórias 664 e 665, que reduzem direitos trabalhistas e previdenciários.

Segundo o autor dos sambas do bloco, Renato Bento Luiz, o Renatão, a marca das letras e das alegorias do Acorda Peão é o protesto, sem perder o bom humor e o clima de folia do Carnaval.

"Os principais fatos do país e do mundo costumam estar nas letras do Acorda Peão. Já falamos de tudo. Este ano, não dava para deixar de falar dos escândalos de corrupção que tomaram os governos tanto do PT como do PSDB, ou da política de arrocho e ataques aos direitos do novo governo da Dilma", explicou Renatão.

Criado, em 1998, para ser um bloco de protesto, sem perder a alegria típica do Carnaval, o Acorda Peão já se tornou tradicional, sendo o principal bloco alternativo da cidade.

É formado por trabalhadores, jovens, aposentados, dirigentes sindicais, ativistas dos movimentos sociais - homens, mulheres e crianças da classe trabalhadora. Em 2014, cerca de 400 pessoas desfilaram com o bloco.


Ouça o samba e confira a letra:
https://soundcloud.com/sindmetal-sjc/acorda-peao-2015-duas-e-dilmais


DUAS É DILMAIS (Autor: Renato Bento Luiz, Renatão)

Já deu pra ver
Em direitos eles querem mexer
2015 vou direto pra luta.
Não entrego direitos, nem que a vaca tussa! (BIS)

A eleição de Minas Gerais derreteu os neves,
veio pra São Paulo, veio na rabeira,
prometendo ao povo encher a Cantareira.

Vai faltar água, governador.
O povo está com medo,
Mas já votou, vai reclamar lá para São Pedro.

Ó meu Deus, quanta corrupção,
Cai no buraco do metrô, jorra petróleo e mensalão.

Acabaram as férias e já saí do mar,
volto para São José, cadê meu kit escolar?

Ó deusa Atemis, a justiça não ajuda
Para pobre cadeia, pra rico “maqueia”

É Carnaval, são quatro dias de paz, mas retirada de direito, isso também já é Dilmais! (BIS)