20 de maio de 2014

Nota da LIT-QI sobre acidente em mina na Turquia

20/5/2014 - No dia 13 de maio, a Turquia presenciou um grande massacre de operários mineiros. A mina, localizada na cidade de Soma, no oeste do país, explodiu. Oficialmente morreram 301 operários.

Os responsáveis por este massacre são evidentes. O partido islamita AKP, no governo, privatizou as minas de acordo com suas políticas neoliberais. Os patrões, que não pensam em nada além de lucros, não gastaram dinheiro em medidas de segurança.

Apesar das 58 medidas pendentes encontrados em dez inspeções de segurança diferentes, o governo não fechou a mina. O AKP recusou-se a aplicar a resolução apresentada no parlamento que pedia a investigação das deficiências em Soma.

O próprio Ministro da Energia Taner Yildiz abriu a mina com os patrões e elogiou em seu discurso as precauções que foram tomadas.

Após o massacre em Soma, como o AKP está com medo da ira dos trabalhadores, há uma situação de ocupação na área. Milhares de policiais e soldados foram mobilizados para lá.

O AKP e os capitalistas turcos colocaram todo o país em um ambiente de trabalho inseguro.

O eixo principal da nossa luta é unir as massas da rebelião de junho com os trabalhadores de baixo salário, com empregos flexíveis e precários, contra a subcontratação de trabalhadores.

O Movimento RED proclama que o partido do governo e os patrões são responsáveis pelo massacre.

Vamos fazer de tudo para que eles sejam presos. Assim que ocorreu o desastre, chamamos a greve geral e o boicote nas escolas para protestar contra o massacre em Soma e ter certeza de que os responsáveis sejam mandados para a prisão.

Boicotes e protestos já começaram em muitas universidades. Os burocratas sindicais estão fazendo de tudo para evitar a greve geral. Mas ninguém pode parar o povo pobre.

Em muitas cidades os protestos já começaram! Os trabalhadores sabem quem são os responsáveis e estão saindo às ruas.

Vamos fazê-los pagar por nossos irmãos mineiros mortos!



Greve Geral e boicote nas escolas!

Membros do governo e patrões na cadeia!

Barricada! Greve! Revolução!



Acesse o site da LIT-QI